Notícias- Volta Redonda

Encontro com representantes dos setores de reciclagens, comércio de sucatas e ferros-velhos acontece após ação conjunta entre GMVR e polícias Civil e Militar

 

A Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) de Volta Redonda promoveu nessa terça-feira (30) uma reunião com empresários do setor de reciclagens, comércio de sucatas e ferros-velhos. O encontro ocorre dias após a Semop promover uma ação conjunta entre a Guarda Municipal (GMVR) e as polícias Militar e Civil para coibir o furto de fios de cabos de energia e hidrômetros. O objetivo é que os comerciantes auxiliem os órgãos de segurança a reprimir esses crimes, que vem provocando uma série de transtornos no município.

O secretário municipal de Ordem Pública, coronel Luiz Henrique Monteiro Barbosa, frisou que as forças de segurança não estão pré-julgando os empresários do setor, mas se colocando à disposição deles como aliados, para evitar que esses crimes continuem acontecendo.

“É um crime que tem causado prejuízo financeiro significativo aos cofres públicos, mas também um prejuízo social muito grande para toda a comunidade. O furto de um cabo deixa um bairro inteiro sem energia, inviabiliza o tratamento de saúde de milhares de pessoas, como foi o caso do posto de saúde do Jardim Paraíba que sofreu o furto de cabo do aparelho de ar-condicionado. Então não comprem um produto de origem duvidosa, nos ajude a construir uma cidade mais segura”, solicitou Luiz Henrique, citando que na semana passada a Polícia Civil prendeu em flagrante o dono de um estabelecimento de reciclagem comprando hidrômetros e componentes de alumínio furtados.

O delegado Vinícius Coutinho disse que notou uma redução significativa nos registros de furtos após a prisão de um suspeito de receptação de materiais furtados, mas destacou que as forças de segurança continuam atentas. O titular da 93ª DP ressaltou ainda a importância das denúncias, que podem ser feitas de forma sigilosa pelos telefones 197 ou 3339-2462 (WhatsApp da Polícia Civil).

“Sabemos que a segurança é dever do Estado, mas cada um deve fazer a sua parte, e nós esperamos contar com a colaboração dos comerciantes. Sugerimos a eles que aumentem o rigor ao adquirirem produtos, que orientem seus funcionários e que possuam um controle das mercadorias, do que recebem e comercializam. Qualquer dúvida, estamos à disposição, tanto na delegacia, pessoalmente, quanto nos telefones de contato para receber qualquer denúncia ou esclarecer dúvidas”, disse Coutinho.

O major da Polícia Militar Rodrigo Faleiro, responsável pelas ações de planejamento do 28º BPM (Batalhão da Polícia Militar), informou que a corporação possui um cadastro de todos os estabelecimentos regulares que funcionam em Volta Redonda, e que os policiais irão visitar todos esses locais para orientar a não adquirirem produtos de origem duvidosa ou desconhecida.

Participaram também da reunião o subsecretário de Ordem Pública, subtenente Amauri Pego; o comandante em exercício da Guarda Municipal de Volta Redonda (GMVR), inspetor Antônio Almico; o 1º tenente da 1ª CIA do 28º BPM (Batalhão de Polícia Militar), Raphael Almeida; o coordenador da Operação Segurança Presente, major José Eduardo Martins Silvério; a diretora do Departamento de Fiscalização de Atividades Econômicas da secretaria de Fazenda (SMF), Elisângela Almeida; e o vereador Renan Cury, entre outras autoridades.

Fotos: Divulgação/Semop.



Publicidade

Share
 
Rua Pedro Maria Neto, 17/101 - Aterrado - 27.215-590 - Volta Redonda - RJ
Todos os direitos reservados - 2021
Guia Comercial Sul Fluminense
© 2009 / 2021 Guia Sul Fluminense - Desenvolvido por ABCMIX - 2021
We use cookies
Utilizamos cookies no nosso website. Alguns deles são essenciais para o funcionamento do site, enquanto outros nos ajudam a melhorar este site e a experiência do utilizador (cookies de rastreio). O utilizador pode decidir por si próprio se quer ou não permitir cookies. Note que, se os rejeitar, poderá não conseguir utilizar todas as funcionalidades do site.