Notícias- Volta Redonda

Evento gratuito aconteceu no Sider Shopping, na Vila Santa Cecília, e contou com programação diversificada

 

A Prefeitura de Volta Redonda, através da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência (SMPD), promoveu nessa sexta-feira (26) ações em alusão ao Dia Nacional da Libras, celebrado anualmente em 24 de abril. O evento gratuito aconteceu no 3º piso do Sider Shopping, na Vila Santa Cecília, e contou com a presença da mestre em Educação Renata Ferreira, que compartilhou conhecimentos sobre a Cultura Surda e a história do Instituto Nacional de Educação de Surdos (Ines).

O evento não serviu apenas para honrar o Dia Nacional da Libras, mas também como um catalisador para o fortalecimento dos laços comunitários, incentivando a todos – sejam eles surdos ou ouvintes – a abraçarem a Libras (Língua Brasileira de Sinais) não apenas como uma língua, mas como um pilar de acesso à cidadania plena para a comunidade de surdos.

A programação diversificada iniciou com boas-vindas e uma introdução à Libras, e contou também com uma imersão em Libras intitulada “Explorando o básico através da prática”; oficina de jogos, guia do alfabeto manual e desafio das cores; “Café com Libras”; “Narrando contos encantadores”; “Quebrando gelo – A importância do uso de expressões e classificadores na Língua Brasileira de Sinais”; além de metáforas e as expressões idiomáticas.

As atividades como o "Café com Libras" e "Narrando contos encantadores" não só proporcionaram uma imersão lúdica na língua, mas também destacaram a beleza e a riqueza cultural do universo surdo. O segmento "Quebrando o gelo" ressaltou a importância do uso de expressões e classificadores em Libras, uma ferramenta essencial para a construção de significados e para a fluidez na comunicação entre surdos e ouvintes.

De acordo com a secretaria municipal da Pessoa com Deficiência (SMPD), Eliete Guimarães Vasques, a data possui um imenso significado para a comunidade surda do Brasil.

“Mais do que uma mera celebração, ela simboliza o reconhecimento da Língua Brasileira de Sinais como um instrumento vital de comunicação, educação e inclusão para milhares de pessoas. Este ano, a data ganhou contornos ainda mais especiais em Volta Redonda, onde uma série de oficinas enriqueceu o cenário cultural e educativo da cidade”, ressaltou a secretária.

Para a professora Josirele Aparecida Carvalho, moradora do bairro Jardim Belvedere, a iniciativa precisa ser estendida a outros espaços.

“Eu leciono a disciplina de educação especial para turmas de terceiro ano, com ênfase em Libras, e esse espaço é perfeito; iniciativas com essa deveria acontecer mais vezes. A cultura surda ainda é muito restrita aos surdos. Desde 2002 Libras é a nossa segunda língua oficial. Nos preocupamos em conhecer línguas de outros países e essa, que é natural do nosso país, a gente não domina”, ressaltou.

Avanço da inclusão social dos surdos

O Dia Nacional da Libras tem um papel fundamental no avanço da inclusão social dos surdos. Através dessas oficinas e encontros, a comunidade surda tem sua linguagem valorizada e sua cultura disseminada, fortalecendo a identidade surda e o respeito pela diversidade linguística do Brasil.

“Eventos como este em Volta Redonda são de grande relevância, pois promovem o entendimento e a difusão de Libras, contribuindo significativamente para a integração e o reconhecimento social dos surdos”, destacou Eliete.

Fotos Geraldo Gonçalves – Secom/PMVR.



Publicidade

Share
 
Rua Pedro Maria Neto, 17/101 - Aterrado - 27.215-590 - Volta Redonda - RJ
Todos os direitos reservados - 2021
Guia Comercial Sul Fluminense
© 2009 / 2021 Guia Sul Fluminense - Desenvolvido por ABCMIX - 2021
We use cookies
Utilizamos cookies no nosso website. Alguns deles são essenciais para o funcionamento do site, enquanto outros nos ajudam a melhorar este site e a experiência do utilizador (cookies de rastreio). O utilizador pode decidir por si próprio se quer ou não permitir cookies. Note que, se os rejeitar, poderá não conseguir utilizar todas as funcionalidades do site.