Notícias- Volta Redonda

Prefeitura reforça medidas de combate ao Aedes aegypti e pede colaboração da população para eliminar os criadouros do mosquito

 

A Vigilância Ambiental de Volta Redonda alerta que mais de 80% dos focos do mosquito Aedes aegypti – transmissor da dengue, chikungunya e zika – estão dentro das residências dos moradores. Este dado foi constatado durante as vistorias dos agentes de endemia na realização da força-tarefa contra a dengue da prefeitura, que nesta semana alcançou o décimo bairro – no caso, o Eucaliptal. A coordenadora da Vigilância Ambiental, Janaína Soledad, reforça para que a população receba o agente de endemia e faça semanalmente a vistoria em casa, incluindo os quintais e jardins.

“A prefeitura continua intensificando a força-tarefa contra a dengue em diversos bairros do município, onde os agentes vistoriam os locais, além de orientarem as pessoas acerca dos principais pontos a serem vistoriados e que possam servir de criadores para o Aedes aegypti. Mas é importante que a população mantenha semanalmente a vistoria dos seus ambientes para eliminar os criadouros e para que o mosquito não nasça”, orientou Janaína Soledad.

O Eucaliptal segue recebendo a força-tarefa, iniciativa em conjunto com as secretarias municipais de Saúde (SMS) e de Infraestrutura (SMI), desde terça-feira (20). As ações de combate ao Aedes seguirão até esta sexta (23) em toda a extensão do bairro. Em seguida, serão atendidos o São Lucas, São Carlos e São Cristóvão, e as datas serão divulgadas nas redes sociais da prefeitura (@prefeituravr).

A coordenadora explicou ainda que, quando se encontra algum foco da dengue na residência durante a força-tarefa, a larva é encaminhada pelos agentes de endemia ao laboratório da Vigilância Ambiental para análise.

“Após as visitas dos agentes, as larvas que são coletadas dos possíveis focos são trazidas para o laboratório da Vigilância Ambiental, onde são analisadas e diferenciadas, levando em consideração as espécies de mosquito. De posse dessas informações, os profissionais conseguem traçar melhor as nossas ações, sabendo quais os principais locais em que o Aedes está se desenvolvendo e em quais criadouros. É importante que continuemos a manter as nossas residências livre do mosquito”, finalizou Janaína Soledad.

Força-tarefa contra a dengue

A Prefeitura de Volta Redonda iniciou em janeiro deste ano a força-tarefa contra a dengue. Semanalmente, as equipes das SMS e SMI percorrem bairros do município oferecendo vistorias nas residências para eliminação de possíveis focos da dengue – além da limpeza urbana e a disponibilização de dez caçambas em pontos estratégicos dos bairros para descarte de materiais inutilizados, que acabam se tornando criadouros para o mosquito.

A força-tarefa passou a contar recentemente com o auxílio de um drone para identificar possíveis locais de risco e que podem ser de difícil acesso – como por exemplo, caixas d’águas destampadas. Neste caso, a prefeitura fornece telas de proteção, a fim de evitar o desenvolvimento das larvas. Até o momento, a força-tarefa contra a dengue já percorreu os bairros Sessenta, Dom Bosco, Aterrado, Jardim Paraíba, Nossa Senhora das Graças, Santa Cruz, Aero Clube e Água Limpa.

Caso a população queira denunciar algum possível foco de dengue, a situação pode ser informada pelo número 156 ou diretamente com a Vigilância Ambiental, de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h, pelos números (24) 99233-4480 (WhatsApp) e 3512-8498.

Fotos de divulgação – Secom/PMVR.



Publicidade

Share
 
Rua Pedro Maria Neto, 17/101 - Aterrado - 27.215-590 - Volta Redonda - RJ
Todos os direitos reservados - 2021
Guia Comercial Sul Fluminense
© 2009 / 2021 Guia Sul Fluminense - Desenvolvido por ABCMIX - 2021
We use cookies
Utilizamos cookies no nosso website. Alguns deles são essenciais para o funcionamento do site, enquanto outros nos ajudam a melhorar este site e a experiência do utilizador (cookies de rastreio). O utilizador pode decidir por si próprio se quer ou não permitir cookies. Note que, se os rejeitar, poderá não conseguir utilizar todas as funcionalidades do site.