Notícias- Volta Redonda

CATI-CA registrou mais de 750 atendimentos no período; casos de violência sexual são a maioria

 

O CATI-CA (Centro de Atendimento Integrado à Criança e Adolescente vítimas ou testemunhas de violência), que funciona na Vila Mury, completa quatro anos nesta sexta-feira (27) com 752 atendimentos realizados no período. O centro é ligado à Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e conta com psicólogos, assistente social e enfermeira.

O serviço atende à Lei 13.431/2017, que alterou o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), estabelecendo a Lei da Escuta Especializada. Assim, os municípios passaram a ter o compromisso de disponibilizar um espaço exclusivo para o atendimento de crianças e adolescentes vítimas ou testemunhas de violência.

De acordo com a enfermeira do CATI-CA, Ana Stela Lomeu Jeremias, casos de violência sexual são a maioria, com a violência física em segundo lugar. “Os atendimentos de casos de testemunhas de violência ficam na terceira posição, e também registramos recorrência nos casos de violência psicológica”, falou.

Quanto à faixa etária, o número de atendimentos entre as crianças é maior do que nos adolescentes. “A violência predomina no sexo masculino e também na população negra – pretos e pardos”, contou a enfermeira do dispositivo.

A equipe do CATI-CA promove uma escuta especializada que tem como base a lógica do acolhimento promovida pelo Sistema Único de Saúde (SUS). As vítimas são encaminhadas pelo sistema judiciário, Conselho Tutelar, Polícias e demais órgãos que acompanham as ocorrências e situações de vulnerabilidade.

O objetivo do trabalho é interromper o ciclo de violência em que essa criança está inserida e oferecer o tratamento, seja por serviços prestados no próprio CATI-CA ou acionando outros parceiros na rede municipal.

Rede de apoio

Em Volta Redonda, a Secretaria Municipal de Assistência Social (Smas) ampara crianças, adolescentes e famílias em diversos casos de violência por meio do Departamento de Proteção Social Especial (DPES). O local funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, na Rua Antônio Barreiros, nº 222, no bairro Nossa Senhora das Graças.

CATI-CA promove atividades coletivas

A unidade também promove atividades coletivas em datas específicas. No mês de maio, o CATI-CA propõe a reflexão sobre o combate ao abuso e exploração sexual infantil; na Páscoa, há oficinas com a participação de parceiros; em outubro, é comemorado o Mês das Crianças com exibição de filmes; e, em novembro, as ações são voltadas para o cuidado da saúde mental das crianças e adolescentes negros. Além disso, os profissionais do CATI-CA fazem palestras de conscientização sobre o tema violência e matriciamento nas unidades da Atenção Primária à Saúde.

Foto: Geraldo Gonçalves – Secom/PMVR



Publicidade

Share
 
Rua Pedro Maria Neto, 17/101 - Aterrado - 27.215-590 - Volta Redonda - RJ
Todos os direitos reservados - 2021
Guia Comercial Sul Fluminense
© 2009 / 2021 Guia Sul Fluminense - Desenvolvido por ABCMIX - 2021
We use cookies
Utilizamos cookies no nosso website. Alguns deles são essenciais para o funcionamento do site, enquanto outros nos ajudam a melhorar este site e a experiência do utilizador (cookies de rastreio). O utilizador pode decidir por si próprio se quer ou não permitir cookies. Note que, se os rejeitar, poderá não conseguir utilizar todas as funcionalidades do site.