Notícias- Volta Redonda

Mostra reúne 51 peças e cerca de 100 fotografias, na Biblioteca Municipal Raul de Leoni; visitação acontece de segunda a sexta-feira, das 08h às 17h

 

Foi aberta ao público nesta segunda-feira, 15, a Mostra de Artes do Capd (Centro-Dia de Atendimento à Pessoa com Deficiência) na Biblioteca Municipal Raul de Leoni, na Vila Santa Cecília. A exposição reúne 51 obras executadas pelos assistidos no Capd com técnicas variadas, entre elas pintura, mosaico, mandala, macramê e trabalhos em corda com espelho, além de aproximadamente 100 fotos, resultado da oficina de fotografia que foi implementada no ano de 2023.

O evento celebra a valorização do trabalho confeccionado por pessoas com deficiência atendidas no Centro-Dia I – unidade Jardim Paraíba, do Departamento de Proteção Especial da Secretaria Municipal de Assistência Social (Smas). A exposição está aberta para visitação até o dia 2 de fevereiro, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, com entrada gratuita. As peças poderão ser reservadas a partir do dia 16, até o final da exposição, e poderão ser retiradas na unidade após o término do evento.

A renda arrecadada será revertida aos usuários por meio de atividades festivas realizadas durante o ano. Na abertura da exposição, a secretária municipal de Assistência Social, Carla Duarte, começou o discurso mandando um beijo do prefeito Neto para a equipe, usuários e familiares do Capd.

"O Neto (Antonio Francisco – prefeito de Volta Redonda) é um entusiasta desse trabalho, que é realizado na unidade por meio das oficinas e permite o exercício da socialização e o resgate da capacidade produtiva dos atendidos. O público, ao visitar os trabalhos, conhecerá peças que são produzidas com muitos detalhes e com a dedicação dos usuários, que são muito talentosos. O resultado deste trabalho nos emociona muito, e com certeza vai encantar quem comparecer à exposição”, disse a secretária.

O deputado estadual Munir Neto elogiou o trabalho dos assistidos e agradeceu a dedicação da equipe de instrutores do Capd. “Me emociono com o talento de vocês, usuários do Capd. E agradeço pela dedicação da equipe de instrutores, que sabem tirar o melhor de cada um dos alunos. Parabéns a todos os funcionários da unidade e da Smas”. Munir reforçou o carinho do prefeito Neto com todos do Capd e mandou o recado de que neste ano eles farão novamente a viagem, no mesmo roteiro previsto para a “Melhor Idade”.

A coordenadora do Capd I, Beth Mello, ressalta a satisfação da retomada da exposição, ela lembrou que todos os trabalhos estão à venda. "Estamos muito felizes em montar a exposição. Esta é a primeira mostra depois que retomamos o trabalho no Capd. E, é uma oportunidade para que toda população conheça o trabalho do Centro-Dia de Atendimento à Pessoa com Deficiência”, cita a coordenadora.

Na opinião do secretário de Cultura de Volta Redonda, Anderson de Souza, os trabalhos expostos na Biblioteca Municipal estão enaltecendo a importância do desenvolvimento da arte em todos os setores sociais. “É uma honra receber esses trabalhos coloridos, que vão embelezar nosso espaço. Os usuários da Capd são verdadeiros artistas”, comenta Anderson.

A unidade

A unidade conta com equipe multiprofissional que oferta atividades individuais e coletivas usando diferentes métodos e técnicas de trabalho social, identificando habilidades, capacidades e necessidades de suportes e apoio. A diretora do Departamento de Proteção Especial da Smas, Mariana Pimenta, comentou que a exposição é um trabalho coletivo que envolve toda a secretaria de Assistência Social.

“A mostra é o resultado de um trabalho coletivo feito nas diversas oficinas do Capd, que têm como objetivo promover a socialização e interação, além de valorizar a autoestima dos usuários”, lembra a diretora.

O secretário municipal da Pessoa com Deficiência, Washington Uchôa, parabenizou todos os envolvidos. “Só tenho que parabenizar toda equipe do Capd pela excelência no trabalho, que está refletida nessa exposição”, disse.

Os usuários participam de atividades especificas como psicomotricidade, com o objetivo de desenvolver as relações pessoais e sociais; grupos operativos, que permitem a prática de ações cooperativas, reflexões sobre o cotidiano e sobre sua própria conduta diante das diversas situações; atividades de mobilidade reduzida, que possibilitam o deambular com independência daqueles que utilizam cadeiras de rodas e/ou outros tipos de apoiadores; atividades específicas de sensibilização e práticas esportivas para aqueles que estão acima do peso; e as atividades de teatro, que têm o objetivo de desenvolver a atenção, concentração e comunicação.

O Capd é um Centro-Dia para Pessoa com Deficiência que atende atualmente a cerca de 100 usuários/mês e segue as diretrizes do Sistema Único de Assistência Social (SUAS). A unidade desenvolve atividades lúdico-recreativas, possibilitando a construção da autonomia e a melhora da qualidade de vida dos usuários.

Fotos de Cris Oliveira – Secom/PMVR.



Publicidade

Share
 
Rua Pedro Maria Neto, 17/101 - Aterrado - 27.215-590 - Volta Redonda - RJ
Todos os direitos reservados - 2021
Guia Comercial Sul Fluminense
© 2009 / 2021 Guia Sul Fluminense - Desenvolvido por ABCMIX - 2021
We use cookies
Utilizamos cookies no nosso website. Alguns deles são essenciais para o funcionamento do site, enquanto outros nos ajudam a melhorar este site e a experiência do utilizador (cookies de rastreio). O utilizador pode decidir por si próprio se quer ou não permitir cookies. Note que, se os rejeitar, poderá não conseguir utilizar todas as funcionalidades do site.