Notícias- Volta Redonda

Trabalho tem por objetivo a prevenção de acidentes e prioriza também a segurança primária, desobstruindo a iluminação pública e aumentando a sensação de segurança da população

 

A Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) de Volta Redonda, através das equipes da Unidade de Guarda Comunitária (UGC), tem intensificado as podas e cortes emergenciais de árvores. Nesses primeiros dias do ano, já foram mais de 200 podas ou cortes realizados no município. O trabalho visa à prevenção de acidentes, principalmente neste período de chuvas, e prioriza também a segurança primária, desobstruindo a iluminação pública e aumentando a sensação de segurança da população.

Atualmente, Volta Redonda possui árvores com idade avançada e outras doentes, que podem oferecer risco à integridade física das pessoas e ao patrimônio delas, enquanto outras foram plantadas inadequadamente em perímetro urbano. Tais fatores justificam o corte e a poda de árvores, mas sempre levando em consideração, principalmente, os fatores de segurança e sustentabilidade ambiental.

“Entendemos que a poda de árvores faz parte da segurança primária, que consiste na redução de condições propícias ao delito. Um poste de energia obstruído por uma árvore facilita a ação criminosa. Ou seja, além de afastar o perigo da queda de um galho, por exemplo, a intenção é deixar as ruas mais iluminadas, aumentando a sensação de segurança”, disse o secretário municipal de Ordem Pública, tenente-coronel Luiz Henrique Monteiro Barbosa.

As solicitações de poda de árvores devem ser feitas pelo telefone 156, da Central de Atendimento Único (CAU). Já para as árvores que necessitam de corte, é preciso obter o laudo técnico na Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA), que é expedido por uma equipe especializada. Se a árvore estiver dentro de uma área particular, além do laudo, é necessário contratar um profissional particular para realizar o serviço de corte.

Nos casos em que há fios energizados passando por entre os galhos, apenas a concessionária de energia elétrica pode fazer a intervenção na árvore, mas em alguns casos é preciso ter um laudo técnico da Defesa Civil, que vai dizer se a árvore oferece perigo imediato ou não.

Fotos: Divulgação/Semop



Publicidade

Share
 
Rua Pedro Maria Neto, 17/101 - Aterrado - 27.215-590 - Volta Redonda - RJ
Todos os direitos reservados - 2021
Guia Comercial Sul Fluminense
© 2009 / 2021 Guia Sul Fluminense - Desenvolvido por ABCMIX - 2021
We use cookies
Utilizamos cookies no nosso website. Alguns deles são essenciais para o funcionamento do site, enquanto outros nos ajudam a melhorar este site e a experiência do utilizador (cookies de rastreio). O utilizador pode decidir por si próprio se quer ou não permitir cookies. Note que, se os rejeitar, poderá não conseguir utilizar todas as funcionalidades do site.