Notícias- Volta Redonda

Cidade teve no período três vezes mais vagas no mercado de trabalho do que em 2020 e superou também 2021 e 2022

 

Volta Redonda teve em 2023 o melhor mês de novembro para geração de empregos medido pela série histórica do Novo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), divulgado periodicamente pelo Ministério do Trabalho e Emprego. Mesmo sendo costumeiramente como um mês de números positivos na relação entre admitidos e demitidos, o penúltimo mês do ano passado surpreendeu pelo salto que deu em comparação ao mesmo período de anos anteriores. Os 1.168 empregos gerados em 2023 representam o triplo do gerado em 2020, quando foram abertas 377 vagas a mais que demissões na cidade mais populosa da região.

Seguindo os dados comparativos, novembro de 2023 foi também superior a 2021, quando foram registrados 639 empregos novos no município, e 2022, que teve 474 vagas positivas. O maior destaque veio da Indústria, que respondeu por mais da metade dos novos postos abertos em novembro de 2023. Foram 662 novas vagas a mais que as demissões do setor. É como se uma fábrica com mais de 600 empregos tivesse sido aberta na cidade somente em novembro. Vale destacar, também, a Construção Civil, que foi um dos pontos altos na contagem do mês: o setor, que vinha oscilando entre pequenas quedas e pequenas altas ao longo do ano passado, fechou novembro com 176 empregos novos.

Empregos melhores aproveitados na Indústria

Parte da alta na geração de empregos no setor industrial se deve aos investimentos que estão sendo feitos na Usina Presidente Vargas e que foram intensificados a partir de março do ano passado. Desde então, a Prefeitura de Volta Redonda e a direção da CSN têm buscado maneiras de ocupar estas vagas com moradores do próprio município. Para isso, a CSN descentralizou os pontos para entrevistas e coletas de currículos, utilizando principalmente a estrutura da Secretaria Municipal de Assistência Social (Smas) em forma de parceria com o poder público. Os Centros de Referência de Assistência Social (Cras) se tornaram polos para captação de mão de obra. Da mesma maneira, os empregos voltados para pessoas com necessidades especiais e os estágios para jovens são agora alinhados com projetos desenvolvidos pela prefeitura, através da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência (SMPD) e a Coordenadoria Municipal da Juventude (CoordJuv).

Cursos e iniciativas para Serviços, Comércio e Construção Civil

Na Construção Civil, a prefeitura mantém em funcionamento o projeto “Mulheres Mãos à Obra”, da Secretaria Municipal de Políticas para Mulheres e Direitos Humanos (SMDH), que, como o nome indica, ensina profissões ligadas ao setor para mulheres. As parcerias para fomentar o Comércio local também são realizadas ao longo de todo ano. Desde a instalação de outdoors ou até mesmo com a promoção de eventos como “Rua de Compras”, o Governo Municipal tem sido um dos motores para alavancar as vendas, aumentando a necessidade de contratação de mão de obra. O setor de Serviços tem forte apelo nas oficinas e cursos oferecidos pela Fundação Beatriz Gama (FBG) e também pela Secretaria Municipal de Assistência Social.

Foto de Cris Oliveira – Secom/PMVR.



Publicidade

Share
 
Rua Pedro Maria Neto, 17/101 - Aterrado - 27.215-590 - Volta Redonda - RJ
Todos os direitos reservados - 2021
Guia Comercial Sul Fluminense
© 2009 / 2021 Guia Sul Fluminense - Desenvolvido por ABCMIX - 2021
We use cookies
Utilizamos cookies no nosso website. Alguns deles são essenciais para o funcionamento do site, enquanto outros nos ajudam a melhorar este site e a experiência do utilizador (cookies de rastreio). O utilizador pode decidir por si próprio se quer ou não permitir cookies. Note que, se os rejeitar, poderá não conseguir utilizar todas as funcionalidades do site.