Notícias- Volta Redonda

Iniciativa em parceria com o Governo do Estado garante mais um ponto importante na luta contra a insegurança alimentar

 

O “Café do Trabalhador”, que funciona em Volta Redonda através de uma parceria entre Governo do Estado e Prefeitura, atingiu uma marca expressiva em seu primeiro ano de funcionamento. Foram 66,5 mil refeições servidas desde a inauguração, esgotando diariamente os 500 kits disponíveis pelo projeto. O Café do Trabalhador funciona em um quiosque perto da passarela de acesso à Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), em frente à praça Juarez Antunes, na Vila Santa Cecília, servindo café da manhã ao preço de R$ 0,50 (cinquenta centavos).

Pão com manteiga, café, leite e uma fruta são os alimentos que compõem o kit do Café do Trabalhador. Os clientes ainda recebem guardanapos, mexedor descartável e sachês de açúcar ou adoçante. O quiosque do Café do Trabalhador funciona de segunda a sexta-feira, das 5h até o término dos kits serem vendidos. De acordo com uma pesquisa de satisfação realizada pela equipe da Secretaria Municipal de Assistência Social, 100% dos usuários consideram importante a iniciativa e elogiam a qualidade da refeição servida. O serviço é acessado por 67% de cidadãos do gênero masculino e 33% do gênero feminino, por indivíduos na faixa etária acima de 30 anos.

O equipamento atende em sua maioria os funcionários da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), pessoas em situação de rua, funcionários dos estabelecimentos comerciais locais e motoristas que estão em viagem pelo trecho onde se localiza o projeto. O levamento apontou ainda que o horário de maior concentração de pessoas é de 6h até 6h30.

O prefeito Antônio Francisco Neto destaca que a insegurança alimentar tem se agravado no Brasil, e o Café do Trabalhador é um importante passo do Governo do Estado no enfrentamento desta questão.

“Com a implantação desse programa em Volta Redonda estamos, mais uma vez, garantindo um dos direitos primordiais e universais, que é o acesso à alimentação adequada, segura e em quantidade suficiente para quem precisa. É mais uma parceria com o Governo do Estado que deu certo”, disse o prefeito.

A secretária municipal de Assistência Social (SMAS), Carla Duarte, ressalta que esse projeto é um grande aliado da população que precisa acordar cedo e acaba saindo de casa sem garantir o café da manhã.

“Com a primeira refeição do dia assegurada, esse trabalhador tem acesso a uma refeição balanceada e de qualidade para iniciar as atividades do dia. É um projeto com uma importância social muito grande e que vem garantindo aos trabalhadores da nossa cidade o acesso a um maravilhoso café da manhã”, celebrou a secretária.

Café do Trabalhador

O programa é uma parceria do Governo do Estado com a Prefeitura de Volta Redonda, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (SEDSODH) e da Secretaria Municipal de Assistência Social (Smas).

O projeto, que chegou ao município por solicitação do prefeito Antonio Francisco Neto, do deputado estadual Munir Neto e do vereador Betinho Albertassi, visa facilitar o acesso à primeira refeição do dia e reduzir a insegurança alimentar e nutricional da população.

O projeto, administrado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (SEDSODH), também tem como característica a contratação de moradores que residem próximo aos polos, de modo a fomentar a empregabilidade local.

Fotos de Cris Oliveira - Secom PMVR.



Publicidade

Share
 
Rua Pedro Maria Neto, 17/101 - Aterrado - 27.215-590 - Volta Redonda - RJ
Todos os direitos reservados - 2021
Guia Comercial Sul Fluminense
© 2009 / 2021 Guia Sul Fluminense - Desenvolvido por ABCMIX - 2021
We use cookies
Utilizamos cookies no nosso website. Alguns deles são essenciais para o funcionamento do site, enquanto outros nos ajudam a melhorar este site e a experiência do utilizador (cookies de rastreio). O utilizador pode decidir por si próprio se quer ou não permitir cookies. Note que, se os rejeitar, poderá não conseguir utilizar todas as funcionalidades do site.