Notícias- Volta Redonda

Em reunião no Seas, direção do Saae-VR discutiu projetos para ETA no Aero Clube e ETE no bairro Verde Vale

 

O diretor-presidente do Saae-VR (Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Volta Redonda), Paulo Cesar de Souza (PC), participou, nesta semana, de uma reunião na Secretaria de Estado do Ambiente e Sustentabilidade (Seas), na cidade do Rio de Janeiro. Durante o encontro com representantes do governo estadual, foram tratados alguns investimentos para Volta Redonda, como a construção da nova Estação de Tratamento de Água (ETA), no bairro Aero Clube, e de uma Estação ode Tratamento de Esgoto (ETE) no Verde Vale.

PC contou que foi discutido a entrega final do projeto de construção da nova ETA, o que deve acontecer no próximo dia 27. Segundo ele, a verba para a obra (cerca de R$ 80 milhões) já está reservada e a licitação será realizada pelo governo estadual, com o município atuando como agente fiscalizador da obra.

“O projeto será analisado pela equipe técnica do Seas e, com a aprovação do projeto e andamento das etapas seguintes correndo bem, a previsão é que as obras iniciem, no máximo, no início de julho”, contou PC.

A nova unidade será uma estação do tipo modular, a ser construída em um terreno da prefeitura no bairro Aero Clube, próximo à garagem municipal. Terá capacidade de tratamento de 1.200 litros por segundo, a mesma da ETA Belmonte. Na fase inicial, serão 800 litros por segundo, solucionando problemas como a falta d’água no verão, quando ocorrem temperaturas altas e o consumo também aumenta.

ETE Verde Vale

Além da nova ETA, a reunião no Seas tratou também da construção de uma nova estação de tratamento de esgoto, que está prevista para atender o bairro Verde Vale. O projeto já existe e foi retomado pelo Saae no retorno do prefeito Antonio Francisco Neto à administração municipal.

“Em 2013, o Fecam (Fundo Estadual de Conservação Ambiental e Desenvolvimento Urbano) definiu uma verba para tratamento de esgoto de algumas bacias de Volta Redonda. Fizemos redes e a ETE Gil Portugal. Com a rescisão de contrato pela empresa da obra, sobraram cerca de R$ 8 milhões, que estavam praticamente perdidos. Quando retornamos em 2021, fomos ao Seas, solicitamos que esse dinheiro fosse destinado para o mesmo objeto do contrato. O plano de trabalho está pronto, faltando apenas acertar questões de valores junto ao governo estadual. Marcamos uma segunda visita técnica e, assim que as tratativas forem acertadas, o plano vai para análise e, sendo aprovado, pode ser feita a licitação”, explicou o diretor-presidente do Saae.

Atualmente, o município de Volta Redonda conta com sete estações de tratamento de esgoto em funcionamento: Gil Portugal; São Sebastião 1 e 2; Volta Grande; Parque do Contorno; Vila Rica; e Roma.

Secom/PMVR



Publicidade

Share
 
Rua Pedro Maria Neto, 17/101 - Aterrado - 27.215-590 - Volta Redonda - RJ
Todos os direitos reservados - 2021
Guia Comercial Sul Fluminense
© 2009 / 2021 Guia Sul Fluminense - Desenvolvido por ABCMIX - 2021
We use cookies
Utilizamos cookies no nosso website. Alguns deles são essenciais para o funcionamento do site, enquanto outros nos ajudam a melhorar este site e a experiência do utilizador (cookies de rastreio). O utilizador pode decidir por si próprio se quer ou não permitir cookies. Note que, se os rejeitar, poderá não conseguir utilizar todas as funcionalidades do site.