Centro POP intensifica serviços de abordagem

Centro POP intensifica serviços de abordagem

Medida visa proteção ao coronavírus e a temperatura climática mais baixa

 

O Centro POP de Barra Mansa, unidade de proteção social vinculada à Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, está intensificando os serviços de abordagem à população em situação de rua. A medida visa principalmente a proteção e a prevenção ao novo coronavírus.

 

De acordo com a secretária da Pasta, Ruth Coutinho, a abordagem é ofertada de forma contínua e programada em pontos específicos da cidade. “Estamos buscando levar as pessoas em situação de rua para o abrigo temporário no Ano Bom. È uma maneira de evitar a propagação da Covid-19 e também de ampará-los durante a temporada de inverno”, detalhou Rutinha.

 

A abordagem é realizada principalmente no terminal de ônibus atrás da Matriz de São Sebastião, próximo ao antigo Restaurante Cidadão, Gare da Estação e Parque Centenário. Mas, segundo a gerente de Proteção Especial da Secretaria, Edilene Moreira, e a coordenadora do Centro POP, Raquel Ferreira Oliveira Alves, a equipe do órgão vai até os locais onde são solicitadas. “Atendemos as demandas feitas pela população ou entidades com a finalidade de buscar esse usuário do serviço de proteção social que, por algum motivo não quis ser encaminhado para o abrigo, além daqueles que estão de passagem pela cidade. Dessa forma, fazemos o encaminhamento médio de 10 pessoas por semana para o seu município de origem. Os locais que concentram maior incidência de embarques são Resende, Volta Redonda, Barra do Piraí e Rio Claro”, destacaram.

 

A lista de usuários acompanhados pela abordagem do Centro POP é formada por idosos, cadeirantes, homens e mulheres maiores de 18 anos e pessoas de todo país.

 

Vale lembra que a abordagem social funciona como instrumento de acesso ao serviço especializado para a população em situação de rua, possibilitando a identificação de demandas e a garantia de direitos sociais. O serviço é realizado por uma equipe multidisciplinar, composta por educadores e assistentes sociais e psicólogos.

 

Paralelo à abordagem, o Centro POP oferece a população em situação de rua atendimento técnico e área para possam lavar suas roupas e tomar banho, além de alimentação, como café da manhã e o almoço. Este último está sendo distribuído na abordagem devido á redução do expediente do órgão em função da pandemia. O Centro POP funciona na Rua Francisco Amaral de Souza, nº 08, no bairro Bom Pastor, de segunda à sexta-feira, de 8 às 12 hs.

 

Leia também: