‘Semana do Povo Preto’ é aberta em Volta Redonda nesta terça-feira, dia 20

Evento segue até domingo, no Memorial Zumbi dos Palmares, com diversas atrações culturais e artísticas

 

A II ‘Semana do Povo Preto’ foi aberta oficialmente nesta terça-feira, dia 20, no Memorial Zumbi dos Palmares, na Vila Santa Cecília. O evento é realizado pela secretaria municipal de Cultura, em parceria com o SESC Rio e o apoio do Coletivo Kekerê. As atividades seguem até domingo, dia 25, com diversas atrações culturais e artísticas para celebrar o mês da Consciência Negra.

 

A programação conta com muita música, exposição, rodas de conversa, empoderamento estético, história e educação, cultura urbana e popular, além das manifestações da ancestralidade com os terreiros de Matriz Afro no 3º Festival de Curimba do Sul Fluminense, que também integra a programação.

 

Na abertura as atrações ficaram por conta das apresentações musicais de Thiago Elniño, Tássia Reis. Além de Discotecagem Bafro, Jongo di Volta, Abadá Capoeira e Folia de Reis Jornada Estrela Maior.

 

 

O coordenador do Memorial Zumbi, Sid Soares, agradeceu o empenho e união da equipe na realização do evento. “É um momento de orgulho, esse evento não é só nosso, é da cidade inteira. A importância desse espaço para o nosso município é tão grande. Ver o memorial sendo ocupado pelos coletivos como está acontecendo”, disse.

 

Aline Ribeiro, secretária de Cultura de Volta Redonda, lembrou o quanto a prefeitura tem se dedicado para promover eventos como esses, que valorizam a cultura na cidade. “O prefeito Samuca Silva tem incentivado as secretarias para estarem sempre integradas para chegar a excelência nos eventos. É preciso que a gente fala sobre nossos direitos culturais, que são fundamentais, é preciso que a gente ocupe esses espaços, faz parte dos nossos direitos”, frisou a secretária.

 

 

“É uma glória ver o evento cheio. É de grande importância ver o espaço sendo ocupado pela cultura negra dessa forma”, comentou Lidia Gomes, integrante do Coletivo Kekerê, que também ocupa a cadeira de Cultura Afro, no Conselho Municipal de Cultura. Quem foi pela primeira vez ao memorial também gostou muito do evento. “É a primeira vez que eu venho em um evento assim e estou achando muito bacana. Esse tipo de ação tem que ser feita cada vez mais”, contou Gisele Cristina da Silva.

 

Para o prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, o objetivo é sempre valorizar a cultura afro nas suas mais diversas manifestações artísticas e culturais. “É importante reconhecer as raízes da formação do povo brasileiro na sua diversidade. A secretaria de Cultura está trabalhando para que eventos como esses sejam cada vez melhores e mais diversificados culturalmente. Por exemplo, aqui o Memorial Zumbi, recebemos, depois de anos atividades”, afirmou o prefeito.

 

Por Ana Maria Mansur, com fotos de Gabriel Borges - SECOM-VR

 

 

Leia também: