VR Parking terá mais pontos fixos de atendimento em Volta Redonda

VR Parking terá mais pontos fixos de atendimento em Volta Redonda

Além do Aterrado, Avenida Amaral Peixoto e Vila Santa Cecília contarão com locais de apoio aos usuários do estacionamento rotativo

 

Com o objetivo de aprimorar o serviço inédito no município, equipes da Empresa de Processamento de Dados e da empresa que opera o VR Parking, iniciaram nesta quarta-feira, dia 21, a instalação de dois pontos fixos de atendimento para os motoristas que utilizam o serviço na cidade. Um dos contêineres que vão abrigar as equipes de atendimento foi colocado na Avenida Amaral Peixoto, no Centro, embaixo do Viaduto Heitor Leite Franco, e outro na Rua 14, na Vila Santa Cecília, na praça da Biblioteca Municipal Raul de Leoni. Estes são os primeiros de alguns que serão instalados na cidade.

 

Segundo o presidente da EPD-VR, Matheus Cruz, o objetivo principal é trazer facilidades aos usuários do VR Parking. “São pontos centrais e de fácil acesso e que vão ajudar também motoristas que vêm de outras cidades, além de funcionar como apoio aos monitores que trabalham nas ruas”, explicou Matheus.

 

O sistema visa a democratização das vagas, melhora a rotatividade no comércio e integrado ao Tarifa Comercial Zero. O VR parking já permite por aplicativo a reserva de vagas e foram triplicadas as vagas para idosos e deficientes. No futuro, o sistema VR parking terá sensores instalados na rua e painéis com números de vagas disponíveis nas ruas.

 

A sede do VR Parking, localizada na Rua Lucas Evangelista, nº 41, já funciona como ponto fixo de atendimento. Nos novos locais, os motoristas poderão fazer a compra e a ativação do serviço de estacionamento rotativo, além de tirar dúvidas, fazer sugestões e resolver outras questões relacionadas ao serviço.

 

O motorista de ônibus Glauco Rodrigues, passou com seu carro pela Avenida Amaral Peixoto na manhã desta quarta-feira e elogiou a iniciativa. “É bom, por conta da distância. Às vezes, a pessoa está longe do local e tendo esse ponto para atendimento fica mais fácil. Por aqui também dá para tirar dúvidas. E quem não tem o aplicativo, pode pedir ajuda e acionar no celular”, afirmou Glauco.

 

A previsão é que os dois pontos de atendimento comecem a operar na próxima semana, no horário de funcionamento do estacionamento rotativo: de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, e aos sábados, das 8h às 14h.

 

O diretor do VR Parking, César Mourão, explicou que está em estudo a instalação de pontos fixos também em outros locais da cidade, como a Rua 33 e a Praça Brasil, na Vila Santa Cecília. “Mais pra frente, a gente pretende criar uma área que ofereça mais conforto ao usuário, onde ele possa sentar, descansar, tomar uma água, uma espécie de parklet”, contou.

 

O sistema – O estacionamento rotativo funciona das 8h às 18h, de segunda à sexta-feira, e das 8h às 14h aos sábados. Os bilhetes para utilização do rotativo podem ser adquiridos pelo aplicativo ‘Digipare’ instalado no celular ou em estabelecimentos comerciais cadastrados, com pagamento em cartão de débito e crédito, além de dinheiro ou boleto bancário. Os motoristas ainda contam com monitores treinados para dar informações sobre o aplicativo e fornecer o bilhete.

 

Com a implantação do novo sistema de estacionamento rotativo, o número subiu de 1.890 para 5.393 vagas sinalizadas, sendo 1.485 na Vila Santa Cecília, 1.690 no Aterrado, 555 no Centro. Serão 1.442 no Retiro, e outras 221 distribuídas na Rua 207, Santo Agostinho e Ponte Alta. O número de vagas para idosos e deficientes também triplicou com a implantação. Enquanto o Estatuto do Idoso prevê 5% de vagas destinadas a esse público, em Volta Redonda, 10% das vagas são para os idosos, sendo elas gratuitas.

 

Implantação do VR Parking no Retiro será discutido e esta previsto apenas depois da pandemia

 

A implantação do sistema de estacionamento rotativo VR Parking na chamada Zona Verde, que contempla os bairros Retiro, Santo Agostinho, 207 e Ponte Alta, será discutida e, se realizada, somente após a pandemia de Covid-19. Atualmente o serviço funciona na Zona Azul, envolvendo as principais ruas e avenidas com maior rotatividade dos bairros Vila Santa Cecília, Centro e Aterrado.

 

“Devido à pandemia, todo o cronograma de implantação do VR Parking teve que ser alterado. Iniciamos as demarcações das vagas no bairro Retiro para evitar o período chuvoso de dezembro e janeiro, mas a operação iniciará somente a partir de 2021”, explicou o presidente da Empresa de Processamento de Dados de Volta Redonda (EPD-VR), Matheus Moreira.

 

Ainda de acordo com a EPD-VR, durante a operação do sistema rotativo na Vila Santa Cecília, Avenida Amaral Peixoto e no Aterrado, foram identificados alguns pontos que receberão melhorias. “Principalmente em relação à necessidade de aumentar o número de monitores. As melhorias já estarão presentes nas novas implantações”.

 

Secom/VR

 

Leia também: