Mais de 330 mil veículos são abordados por Cinturão de Segurança em Volta Redonda

Mais de 330 mil veículos são abordados por Cinturão de Segurança em Volta Redonda

Objetivo do controle nos acessos ao município é reduzir a circulação do novo coronavírus na cidade

 

O Cinturão de Segurança criado nos acessos a Volta Redonda, com o objetivo de reduzir a circulação do novo coronavírus na cidade, já realizou mais de 330 mil abordagens a veículos. De acordo com a Guarda Municipal (GMVR), os números são contabilizados desde o dia 20 de março e reforçam a atuação da administração municipal no combate à pandemia de Covid-19.

 

 

Desde o início do fechamento de vias, mais de nove mil veículos precisaram retornar durante as abordagens. Esse bloqueio nas entradas do município é determinado pelo Decreto Municipal 16.147, que proíbe o acesso de carros, motos, táxis e transporte por aplicativo vindos de outros municípios. Motoristas que comprovarem residência em Volta Redonda podem acessar a cidade normalmente.

 

“Estamos abrindo novos leitos, distribuindo máscaras, orientando a população, e o bloqueio faz parte dessas ações que visam proteger os cidadãos de nossa cidade. Temos que reduzir ao máximo a circulação do vírus e garantir o atendimento em nossa rede de saúde”, explicou o prefeito Samuca Silva.

 

Agentes da Saúde também participam das abordagens, orientando os motoristas e medindo a temperatura dos ocupantes dos veículos. O cinturão conta ainda com barreiras físicas (manilhas) em alguns pontos.

 

Os bloqueios estão distribuídos por quatro regiões do município. No bairro São Luís, o fechamento ocorre no acesso à Avenida Francisco Crisóstomos Tôrres, pela rua lateral ao posto BR-393. O mesmo acontece no acesso ao Túnel 20 e à rua Rio Araguaia, no bairro Água Limpa, para quem chega da Rodovia do Contorno e de Pinheiral.

 

Na Rodovia BR-393, o bloqueio é realizado tanto para os motoristas que vêm do bairro Santo Agostinho e desejam acessar a Avenida Radial Leste, quanto para quem segue no sentido oposto (Jardim Amália-Santo Agostinho), com fechamento de via no retorno.

 

 

Os motoristas que seguem no trajeto Barra do Piraí-Volta Redonda pela BR-393 encontram dois pontos de bloqueio: um no primeiro acesso à Rua Arlindo Soares (próximo à Rodovia do Contorno) e outro no último acesso à mesma via, pela Estrada Lateral.

 

Secom/VR

 

Leia também: