Prefeitura de Resende vai distribuir quase 200 toneladas de alimentos

Prefeitura de Resende vai distribuir quase 200 toneladas de alimentos

Serão 14 mil kits de gêneros alimentícios, sendo que cada um tem cerca de 14 quilos  

 

A entrega dos chamados "kits de gêneros alimentícios" teve andamento nesta terça-feira, 07, em um esforço que vai entrar semana a dentro. A Prefeitura de Resende montou uma verdadeira força-tarefa para conseguir agilizar o processo, que vai beneficiar as famílias de quase 14 mil alunos matriculados na rede municipal de ensino. Ao todo, ao final do trabalho, a Prefeitura terá distribuído quase 200 toneladas de alimentos.

 

Pelo sistema adotado, as escolas e creches recebem os kits e avisam as famílias previamente sobre o horário da distribuição. Com todos devidamente avisados, as filas são organizadas, obedecendo as regras para evitar a propagação do coronavírus.  

 

A distribuição dos kits de gêneros alimentícios foi definida no fim de março e iniciada na última quinta-feira, dia 2. Cada aluno tem direito a um kit, que tem 14 quilos cada. Com isso, há um total de 196 toneladas de alimentos sendo distribuídos em Resende, em um período difícil imposto pelo isolamento social, considerado uma das armas mais poderosas para evitar a propagação da doença.  

 

Neste sentido, as aulas foram suspensas a partir de 16 de março, inicialmente por um período de 15 dias. No entanto, com a necessidade de prorrogação da suspensão por mais dias, houve um esforço conjunto entre diversos setores do governo para viabilizar o projeto.  

 

Com isso, através da Secretaria Municipal de Educação, foi possível fazer a aquisição dos kits. O objetivo é não interromper o fornecimento de alimentos saudáveis para os estudantes da rede, durante o período de enfrentamento ao novo coronavírus, no qual as aulas nas unidades estão suspensas agora até 15 de abril. 

 

- Todos do governo se empenharam muito para atender essa demanda, pois sabemos que muitos alunos têm como fonte maior de nutrição a merenda escolar. Levamos em conta também que as famílias estão em casa e muitas vezes a renda cai. Essa é uma maneira também de ajudar no cumprimento da quarentena. Como vemos, é uma ação muito importante e que contou com a participação de uma equipe muito determinada em fazer o bem - disse o secretário municipal de Governo, Elio Rodrigues. 

 

Os beneficiados pela iniciativa são crianças e adolescentes que possam ficar em situação de vulnerabilidade diante da suspensão das atividades presenciais, devido a pandemia do Covid-19.

 

 

Nesta segunda-feira, a entrega foi feita para famílias com estudantes matriculados nas seguintes unidades: EM Professor Carlinhos, na Fazenda da Barra 3; EM Jardim das Acácias; na Fazenda da Barra 2; EM Marieta Salles, na Baixada da Olaria; EM Abrahão Ribenboim;  na Cidade Alegria; Creche Anexa ao Ciep 347 Dr Jorge Miguel Jayme, no Toyota.   

 

Nesta terça-feira, dia 7, foram as seguintes unidades: E.M. Maria Dulce; Creche Novo Surubi; E.M. Dr. Jorge Miguel Jayme; Creche Jardim Primavera; Creche São Vicente de Paula; Creche Sandra Cotrim; Creche Bairro Vicentino; CEDEVIR.

Leia também: