“A cidade da gente”: alunos lançarão livro sobre Pinheiral

Lançamento acontecerá em novembro

     O prefeito de Pinheiral, Ednardo Barbosa e a vice-prefeita e secretária de Educação, Sediene Maia dos Santos participaram na manhã desta quarta-feira, 22, da última etapa de apresentações realizadas pelos alunos das escolas municipais Maria do Carmo Fadul Ferreira, Paulo Freire e do Centro de Ensino Municipal Roberto Silveira, antes da elaboração do livro que contará a história da cidade na visão dos alunos. O lançamento do livro contendo histórias escritas por alunos da rede municipal sobre Pinheiral acontecerá em novembro.

     A iniciativa faz parte do projeto “A cidade da gente” realizada pela Prefeitura Municipal de Pinheiral, através da Secretaria Municipal de Educação, em parceria com a empresa MRS logística. Nos últimos três dias (20, 21 e 22/08) o escritor, José Santos, participou de visitações e assistiu apresentações culturais e históricas sobre a cidade feita por alunos das escolas Alzira Vargas do Amaral Peixoto, Miguel Barbosa Junior, Coronel Laudelino Alexandre da Silva, Domingas Alves Ferreira, Rosa Conceição Guedes, Três Poços e Manoel Teixeira Campos Junior.

     “Fiquei muito feliz com o que foi construído nos últimos dias, como o próprio escritor José Santos me disse, é uma pena ele ter que ir embora. É um momento muito importante para a gente e para os estudantes da rede pública, como eu também já fui. O mais importante é que essa história do livro que vai ser escrito por ele, vem dos alunos. De tudo o que vivenciaram nesses dias com os professores, das maquetes que montaram e do que vem do nosso dia a dia. Amanhã quando esses estudantes estiverem no trabalho, poderão falar para os filhos que foram eles que ajudaram a contar a história que estará no livro. Por isso, fico muito feliz, por fazer parte deste trabalho e principalmente pelas crianças e jovens do ensino público serem as pessoas que estão contando a história da nossa cidade”, destacou o prefeito.

     A vice-prefeita e secretária de Educação, Sediene Maia dos Santos destacou a importância do projeto que escrever mais uma etapa da história da cidade. “Nós pinheiralenses temos pouca coisa de registro da história da nossa cidade, pois de existência somos secundários, mas como município, somos jovens, com 23 anos. Em 2010 fizemos o livro, “Pinheiral a história que o povo conta” com histórias contadas pela população e hoje temos a MRS Logística, que nos presenteia com um livro, que vai formalizar mais uma parte da história e dessa vez, com um diferencial que é a juventude. O futuro escrevendo o futuro. O futuro, que são os jovens, escrevendo a história da nossa cidade”, disse.

Leia também: