Hospital Municipal de Pinheiral vai realizar cirurgias ginecológicas

Hospital Municipal de Pinheiral vai realizar cirurgias ginecológicas

 

A Prefeitura Municipal de Pinheiral, através da Secretaria Municipal de Saúde, irá realizar cirurgias ginecológicas no Hospital Municipal de Pinheiral já nos primeiros meses de 2020. Com a abertura do centro cirúrgico do Hospital na gestão do prefeito, Ednardo Barbosa, a cidade ganhou um espaço para realizar procedimentos que ficavam aguardando convênios com outros municípios para serem realizados.

 

O prefeito de Pinheiral, Ednardo Barbosa, destacou a importância de mais esse avanço na Saúde para beneficiar a população da cidade.

“Esta é mais uma conquista para a nossa cidade e, que me deixa muito feliz. É para beneficiar, em especial as mulheres, pois vamos passar a realizar cirurgias ginecológicas dentro do nosso município, em nosso Hospital Municipal Prefeito Aurelino Gonçalves Barbosa. E, tudo isso será possível após a abertura do centro cirúrgico realizado com muito orgulho em nossa gestão”, disse.

 

O secretário de Saúde, Everton Alvim, declarou que o ginecologista Dr. Alberto Messias, já está realizando as primeiras avaliações.

“Estamos abrindo o ambulatório de cirurgias ginecológicas em nosso Hospital Municipal. Nosso ginecologista, o Dr. Alberto Messias, já está analisando os pedidos que temos na secretaria e vamos realizar esses procedimentos em nosso município. Nosso objetivo é acabar com a demanda que temos como cirurgias de ovários, histerectomia e ligaduras, já que no planejamento familiar estávamos realizando só a vasectomia. Nosso objetivo em 2020 é investir em cirurgias, e em breve, também iniciaremos outros tipos de cirurgias como cirurgias pediátricas, catarata e outras”, disse Everton.

 

A enfermeira e coordenadora da Atenção Primária de Saúde, Rafaela Mendes Roquini, destacou a importância do início das novas atividades no centro cirúrgico para a saúde da mulher no município.

“Com a inauguração da sala de cirurgia ganhamos o espaço para realizar mais essa especialidade, as pequenas cirurgias de ginecologia e a realização do vídeo histeroscopia, dois procedimentos com uma demanda reprimida, que antes dependíamos de vagas em outros municípios parceiros. Nossas mulheres ganham muito, porque além de ter mais rapidez na marcação dos procedimentos, não precisam se deslocar para fora do município. Estamos também nos preparando para começar a fazer as cirurgias de laqueadura tubária, através do Programa de Planejamento Familiar”, destacou Rafaela.

 

Foto Divulgação

Leia também: