Covid-19: Governo do Estado vai inaugurar 1.800 leitos em hospitais de campanha

Covid19 Governo do Estado vai inaugurar 1.800 leitos em hospitais de campanha

Previsão é que unidades sejam finalizadas em um mês. Mais 419 leitos exclusivos para tratamento de coronavírus já foram abertos nas últimas semanas

 

A Secretaria de Estado de Saúde terá 1.800 leitos em hospitais de campanha para enfrentar a Covid-19 em território fluminense, sendo 520 de CTIs. Eles serão montados em estruturas na capital, Região Metropolitana e interior do estado. Além desses, já estão disponíveis 419 leitos no Hospital Regional Zilda Arns, em Volta Redonda; Hospital Universitário Pedro Ernesto, em Vila Isabel; Hospital Estadual Anchieta, no Caju; e no Instituto Estadual do Cérebro (IEC), no Centro. No total, está prevista, até o momento, a abertura de 2.279.

 

Os leitos de campanha ficarão distribuídos da seguinte maneira: 400 no Complexo do Maracanã (80 deles de CTI); 200 ao lado do Hospital Estadual Adão Pereira Nunes, em São Gonçalo (40 de CTI); 200 no Parque dos Atletas, em Jacarepaguá (40 de CTI); 200 no terreno do 23º BPM, no Leblon (40 de CTI); 200 no aeroclube de Nova Iguaçu (40 de CTI); 100 em Campos dos Goytacazes, no Centro, próximo ao shopping (20 de CTI); 100 no Hospital Regional Gélio Alves Faria, em Casimiro de Abreu (20 de CTI). Além desses, há 200 na Fiocruz (todos de CTI), para atender a população do estado.

 

- Todo o empenho do governo do estado é para que essas estruturas fiquem prontas dentro do prazo programado. Os hospitais de campanha serão fundamentais no atendimento à população no momento mais crítico da pandemia no estado - afirmou o governador Wilson Witzel.

 

A previsão é que todos os leitos de campanha fiquem prontos até 30 de abril. Já foram abertos 44 no Instituto Estadual do Cérebro, 180 no Hospital Zilda Arns e 120 no Hospital Universitário Pedro Ernesto. Além desses, nos próximos dias, outros 75 estarão disponíveis no Hospital Anchieta, no Caju.

 

- A Secretaria de Estado de Saúde está fazendo todo o esforço possível para minimizar o impacto dessa doença na nossa população. Mais uma vez, quero agradecer pela compreensão e pedir que as pessoas mantenham o isolamento social. Análises preliminares já mostram que estamos conseguindo conter a disseminação desenfreada da Covid-19 - disse o secretário de Estado de Saúde, Edmar Santos.   

 

Hospital modular de Nova Iguaçu

 

A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Obras (Seinfra) finalizou, na segunda-feira (30/03), o processo de contratação do projeto do hospital modular de Nova Iguaçu, no aeroclube da cidade. 

 

- Nossos técnicos estão trabalhando em perfeita sintonia com o técnicos da Secretaria de Saúde para agilizar essa obra e garantir novos leitos para o atendimento às vítimas do coronavírus. Será um hospital modular, com grande número de UTIs e que poderá ser aproveitado como legado após a crise - explicou o secretário Bruno Kazuhiro.

 

Leitos já existentes e rede privada

 

Além desses novos leitos para combater a Covid-19, a rede estadual já contava com 3.025 leitos, sendo 729 de UTI. A SES reforça ainda o papel importante da rede privada na luta contra o coronavírus no estado do Rio. Atualmente, as unidades particulares somam cerca de 11.300 leitos, sendo quase 3.800 de UTI.

 

- É importante destacar que todos os leitos podem ser adequados para tratamento intensivo em casos de emergência - concluiu o secretário Edmar Santos.

 

Leia também: