Estado inaugura Espaço Candonga na Marquês de Sapucaí

sine pinheiral

Exposição está aberta ao público até o desfile das campeãs

 

Na noite da última sexta-feira (21/02), primeiro dia de desfiles do grupo A na Marquês Sapucaí, o Governo do Estado inaugurou o Espaço Candonga, que homenageia o centenário de nascimento de José Geraldo de Jesus, respeitado organizador dos recuos de baterias.

 

- Esse espaço representa o Carnaval do Rio de Janeiro. Se depender do Governo do Estado, vamos cuidar da melhor forma possível do legado do Candonga e não deixaremos morrer o nome de um dos principais ícones da folia fluminense – disse o governador Wilson Witzel, que prestigiou o primeiro dia de desfiles no Sambódromo.

 

Com vídeos, fotos e diplomas, a exposição conta a história do ícone do carnaval carioca, morto em 1997, guardião da chave da cidade. Hoje, a família de Candonga é quem entrega anualmente o adereço ao rei momo e dá início à folia. O espaço está localizado abaixo da arquibancada do setor 9 e está à disposição do público até o desfile das campeãs.

 

Fotos: Rogério Santana

Leia também: