Governador recebe jovens do projeto Uerê no Palácio Guanabara

Governador recebe jovens do projeto Uerê no Palácio Guanabara 

Adolescentes entregaram propostas de novas condutas para as polícias durante operações em comunidades

 

O governador Wilson Witzel recebeu, nesta segunda-feira (30/09), cinco jovens do projeto Uerê, do Complexo da Maré, autores de uma cartilha com propostas para operações policiais em comunidades do Rio de Janeiro. O encontro, no Palácio Guanabara, contou também com a presença do secretário de Polícia Militar, comandante-geral Rogério Figueredo, da fundadora e coordenadora executiva da ONG, Yvonne Bezerra de Mello, e a da presidente do projeto, Luciana Campos Ramos Martha.

 

 

- Infelizmente, o Rio de Janeiro ainda sofre os efeitos do enfrentamento às ações criminosas. A partir de agora, vocês também fazem parte desta força de combate do nosso estado e faremos isso a partir do diálogo que estamos criando neste encontro. Vamos nos reunir com as polícias para que possamos encontrar juntos um caminho para a paz. Quero ressaltar que outras atividades estão em andamento, como a investigação de lavagem de dinheiro do tráfico de drogas e armas – disse o governador, dirigindo-se aos jovens, que têm entre 13 e 15 anos.

 

Governador recebe jovens do projeto Uerê no Palácio Guanabara

 

O comandante-geral da Polícia Militar, secretário Rogério Figueredo, ressaltou que a corregedoria da corporação, responsável por apurar possíveis desvios de conduta de policiais, está à disposição de todos os moradores que queiram realizar alguma denúncia.

- Toda e qualquer ação da Polícia Militar é pautada pela legalidade e segue protocolos. Não admitimos desvios de conduta por parte de nossos policiais. Prezamos pelo diálogo e temos um canal de denúncias, que é a corregedoria. Vou me reunir com os comandantes para discutir as propostas para que a nossa tropa tenha sempre um comportamento correto com vocês e seus familiares – afirmou Figueredo aos adolescentes.

 

 

Para a fundadora e coordenadora executiva da ONG, a reunião com o governador abriu um canal de diálogo importante com o estado.

- Hoje, foi aberto um canal muito importante do protagonismo jovem nesta cidade, onde o governador afirmou que ele está aberto ao diálogo com os adolescentes para escutá-los. E, também tomar algumas providências para alguns casos, como invasão a domicílios e outras coisas que discutimos. Nossos jovens têm que ser escutados e terem acesso aos nossos governantes. O canal tem que ser aberto e hoje conseguimos isso para todos os jovens do Rio de Janeiro – declarou Yvonne Bezerra de Mello.

 

Núcleo de Imprensa do Governo do Estado do Rio de Janeiro, Fotos: Philippe Lima

Leia também: