Marcelo Queiroz assume a Secretaria de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento

Marcelo Queiroz assume a Secretaria de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento

Novo secretário terá a missão de potencializar o projeto de desenvolvimento rural sustentável fluminense

 

O governador Wilson Witzel empossou, nesta quinta-feira (10/10), no Palácio Guanabara, Marcelo Queiroz como o novo secretário de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento do Rio de Janeiro. A pasta tem como missão potencializar o projeto de desenvolvimento rural sustentável do Rio de Janeiro. Para o Governo do Estado, um dos principais atores do fomento do campo é o médio e pequeno produtor rural.

 

Rodapé do Site

 

- O Brasil é um país que tem um potencial enorme para o agronegócio e o Rio de Janeiro não pode ficar atrás. Somos um estado produtor de petróleo, será a capital da energia, com um poder de atração de usinas termelétricas que utilizarão o gás natural e isso, certamente, vai gerar energia barata. Isso chegará ao campo. Enquanto isso, precisamos desenvolver o agronegócio, além de fortalecer o médio e pequeno produtor rural e ainda fazer com que a Emater, junto com a Pesagro e as universidades, sigam realizando um trabalho para melhorar a qualidade da produção fluminense. Nossa produção precisa ser adquirida dentro do estado e, assim, fortalecer nosso comércio interno - disse Witzel.

 

De acordo com o novo secretário, cerca de 90% das propriedades do estado têm menos de 100 hectares. Por isso, alguns objetivos já foram traçados, visando a melhoria deste cenário. Entres eles estão o estímulo e a permanência na área rural, com o foco na inovação, conectividade rural, melhorias das estradas e resgate da autoestima do produtor rural e qualificação. Além disso, é preciso uma interface com o meio ambiente, através de hortas urbanas, requalificação dos espaços urbanos e estímulo aos alimentos agroecológicos.

 

- Outro objetivo é aumentar a produção e organizar toda a cadeia produtiva do Rio de Janeiro já existente: a pecuária de leite e de corte, as folhosas, a cana de açúcar, as flores e até mesmo, o turismo rural. E, por fim, é fundamental aprofundar a relação com as entidades de ensino para abrir novas vocações no estado e implementar tecnologia nas produções - falou o novo secretário.

 

Perfil


Marcelo Queiroz é advogado e ex-secretário de Meio Ambiente da Prefeitura do Rio de Janeiro, onde teve o programa ‘Hortas Cariocas’ premiado pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO).

 

Fotos: Philippe Lima 

 

Rodapé do Site