Notícias - Brasil

Logo Agência Brasil

Referência no futebol brasileiro, o ex-técnico Rubens Minelli morreu nesta quinta-feira (23), aos 94 anos, em São Paulo. A causa da morte não foi revelada. O treinador foi campeão brasileiro em 1969, e depois seria o primeiro a faturar três títulos seguidos títulos seguidos (de 1975 a 1976) e depois, em 1989, levantaria a taça da primeira edição da Copa do Brasil. Nascido na capital paulista, Minelli comandou grandes equipes como Palmeiras, Internacional, São Paulo e Grêmio, além de passar pelo Al Hilal (Arábia Saudita), onde também foi campeão (1980).
Rubens Minelli - técnico São Paulo - década de 1979 Rubens Minelli - técnico São Paulo - década de 1979
Rubens Minelli comandou o time do São Paulo em 1977, quando conquistou seu terceiro título seguido do Brasileirão - Divulgação/São Paulo

Minelli ganhou projeção como treinador ao implementar uma estratégia de jogo que priorizava a marcação. O primeiro título brasileiro – na ocasião a competição não era de pontos corridos – foi com Palmeiras em 1969, e depois faturou três títulos seguidos no Colorado na década de 1970.

Notícias relacionadas:

“Foi um grande treinador do futebol brasileiro, tinha um estilo muito forte de trabalhar. Suas esquipes marcavam bem, eram muito competitivas. Ele foi um técnico que mudou muito a maneira de jogar. O futebol gaúcho passou a ser conhecido como um futebol de pegada, de marcação, de picotar o jogo, de muita faltinha, porque esse era o estilo do Minelli. Na época se comentava que ele era um treinador de muito diálogo, mas que também cobrava muito”, disse o comentarista Waldir Luiz, comentarista esportivo da Rádio Nacional.

Em nota oficial a CBF lamentou a partida do treinador, que completaria 95 anos no próximo dia 19 de dezembro. “Neste momento de imensa tristeza, a CBF se compadece do falecimento de um dos grandes treinadores da história do futebol brasileiro e presta suas condolências aos familiares e amigos de Rubens Minelli", diz o comunicado.

Vários clubes também usaram as redes sociais para prestar homenagens a Minelli e se solidarizar com amigos e parentes do treinador. Entre eles o Internacional, São Paulo, Palmeiras, Corinthians, Grêmio e Atlético-MG.

Rubens Minelli teve uma curta trajetória como jogador, antes de iniciar a carreira de técnico. O primeiro trabalho foi no comando do América Mineiro (1963). Passou ainda por Botafogo-SP, Sport e Guarani até assumir o Palmeiras em 1969, quando foi campeão brasileiro pela primeira vez, com reconhecimento da CBF, quando a competição se chamava Taça de Prata/Torneio Roberto Gomes Pedrosa.

Depois Minelli viveu o período de glória como técnico. Faturou o bicampeonato no Internacional (1975 e 1976), no comando de um elenco estrelar Manga, Figueroa, Paulo César Carpegiani, Falcão e Valdomiro. No ano seguinte, em 1977, migrou para o São Paulo, e levantou a taça nacional mais uma vez.

“Em 1975 ele comandou um timaço no Internacional. Naquele ano o Colorado venceu o Corinthians na final. Depois ele venceu de novo em 1976. Além do bi, o grande feito do Inter do técnico Minelli foi eliminar no Maracanã o Fluminense, considerado a máquina do futebol brasileiro, cuja equipe contava com Rivelino, Paulo Cézar “Caju”, Gil, Edinho, e outros grandes nomes.O Inter despachou o Flu com o placar de 2 a 0. Em 1977 foi dirigir o São Paulo, e quando ninguém esperava, o Tricolor acabou sendo campeão brasileiro em um jogo histórico contra o Atlético-MG no Mineirão. O Galo tinha um grande time, era uma equipe muito melhor do que a do São Paulo. No entanto, os mineiros foram eliminados nas penalidades”, recorda o comentarista Waldir Luiz.

Depois do São Paulo, Minelli foi para a Arábia Saudita comandar o Al-Hillal em 1979 e lá permaneceu até 1980, conquistando o Campeonato Saudita. Voltou para o Brasil em 1982 e enfileirou passagens pelo Atlético Mineiro, Corinthians e Grêmio. E foi no Tricolor Gaúcho, em 1989, que Minelli conquistou a primeira edição da Copa do Brasil.

A longa lista de conquistas de Minelli tem ainda 11 títulos de campeão estadual: Portuguesa (1973), Internacional (1974, 1975 e 1976), Grêmio (1985, 1988 e 1989) e Paraná (1994, 1995, 1996 e 1997).

Link original Agência Brasil

https://agenciabrasil.ebc.com.br/esportes/noticia/2023-11/morre-tecnico-rubens-minelli-tetracampeao-e-referencia-no-futebol

Share
 
Rua Pedro Maria Neto, 17/101 - Aterrado - 27.215-590 - Volta Redonda - RJ
Todos os direitos reservados - 2021
Guia Comercial Sul Fluminense
© 2009 / 2021 Guia Sul Fluminense - Desenvolvido por ABCMIX - 2021
We use cookies
Utilizamos cookies no nosso website. Alguns deles são essenciais para o funcionamento do site, enquanto outros nos ajudam a melhorar este site e a experiência do utilizador (cookies de rastreio). O utilizador pode decidir por si próprio se quer ou não permitir cookies. Note que, se os rejeitar, poderá não conseguir utilizar todas as funcionalidades do site.