Notícias - Brasil

Logo Agência Brasil

Em mais um dia de alívio no mercado financeiro, o dólar voltou a cair e fechou abaixo de R$ 5 pela primeira vez em quase um mês. A bolsa de valores subiu após cinco quedas consecutivas.

O dólar comercial encerrou esta terça-feira (24) vendido a R$ 4,994, com queda de R$ 0,023 (-0,46%). A cotação chegou a abrir em alta, mas passou a despencar após a abertura dos mercados norte-americanos, até fechar próxima dos níveis mínimos do dia.

Notícias relacionadas:

Com o desempenho de hoje, a moeda norte-americana está no menor valor desde 26 de setembro, quando era vendida a R$ 4,98. A divisa acumula queda de 0,66% em outubro e de 5,42% em 2023.

No mercado de ações, o dia foi marcado pela recuperação. O índice Ibovespa, da B3, fechou aos 113.762 pontos, com alta de 0,87%. O indicador foi impulsionado por petroleiras e mineradoras, além da entrada de capitais no Brasil.

Apesar de ter subido perante as principais moedas dos países emergentes, o dólar caiu em relação ao real. Notícias de que a China pretende promover uma nova rodada de estímulos compensaram a leve alta nos juros dos títulos do Tesouro norte-americano. Isso ocorre porque o país asiático é um grande consumidor de commodities (bens primários com cotação internacional), o que beneficia o Brasil.

Apesar do agravamento do conflito entre Israel e o grupo palestino Hamas, o mercado financeiro ainda não sofreu turbulências significativas porque a guerra, a menos que se alastre pelo Oriente Médio, tem pequeno impacto na produção de petróleo.

*com informações da Reuters

Link original Agência Brasil

https://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2023-10/dolar-fecha-abaixo-de-r-5-pela-primeira-vez-em-quase-um-mes

Share
 
Rua Pedro Maria Neto, 17/101 - Aterrado - 27.215-590 - Volta Redonda - RJ
Todos os direitos reservados - 2021
Guia Comercial Sul Fluminense
© 2009 / 2021 Guia Sul Fluminense - Desenvolvido por ABCMIX - 2021
We use cookies
Utilizamos cookies no nosso website. Alguns deles são essenciais para o funcionamento do site, enquanto outros nos ajudam a melhorar este site e a experiência do utilizador (cookies de rastreio). O utilizador pode decidir por si próprio se quer ou não permitir cookies. Note que, se os rejeitar, poderá não conseguir utilizar todas as funcionalidades do site.