Notícias - Brasil

Logo Agência Brasil

A partir desta quinta-feira (21), as vozes das periferias serão ouvidas e contadas. Estreia na TV Brasil, às 21h30, a série Canal da Quebrada

A produção independente vai contar histórias de inovação e sucesso de moradores das favelas das maiores metrópoles do país - Rio de Janeiro e São Paulo. 

Notícias relacionadas:

Essa conexão será feita pela rapper e escritora MC Martina, do Complexo do Alemão (RJ), e a jornalista Jana Fernandes, de Guarapiranga, zona sul de São Paulo.  

Em dez episódios, elas vão trazer o trabalho nas áreas de meio ambiente, economia criativa, na arte e na moda de quem é cria da quebrada.  

MC Martina MC Martina
MC Martina - Stella Ribeiro/Direitos reservados

“É uma série que inspira e traz esperança para quem é da comunidade. Porque a gente sabe que quem nasce na favela tem que fazer dez vezes mais para ganhar o mínimo de notoriedade. Ver pessoas de quebrada mostrando a potência das favelas para o mundo faz com que a gente acredite que é possível conquistar os mesmos espaços”, afirma Jana Fernandes.  

Dados do Data Favela 2023 mostram que se as favelas brasileiras formassem um estado, seria o terceiro maior do Brasil em população. A renda movimentada pela população dessas comunidades já quebrou a barreira dos R$ 200 bilhões, R$ 12 bilhões a mais em relação ao último ano. 

A dupla já atua para mostrar a força criativa e inovadora de suas comunidades e que seus protagonistas tenham evidência. No Canal da Quebrada, a ideia é apresentar, principalmente a jovens e crianças, uma periferia inspiradora, por meio de tv aberta e pública.  

“É muito louco porque é uma programação que vai inspirar muitas e muitas pessoas, que vai trazer novas perspectivas para quem nunca tinha imaginado trabalhar com arte e fazer com que a quebrada fosse o centro do mundo. A maioria das pessoas pensa que sucesso é você ganhar dinheiro e sair da quebrada. Você pode ganhar dinheiro dentro da quebrada, trabalhando para a quebrada”, ressalta Jana Fernandes, líder de um projeto independente chamado Marginalmente, em que divulga a arte e cultura das periferias.

A série é da Rio Produtora, com direção de Pedro Saad e Raphael Scire. 

Prodav/TVs Públicas   

A série Canal da Quebrada é a primeira produção do Programa de Apoio ao Desenvolvimento do Audiovisual Brasileiro (Prodav) TVs Públicas que chega à TV Brasil.  

A terceira edição do projeto escolheu 75 obras produzidas nas cinco regiões do país e que serão distribuídas para emissoras públicas de televisão (universitárias, comunitárias, educativas e culturais). 

O Prodav/TVs Públicas é uma parceria entre a Agência Nacional do Cinema (Ancine), o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) e a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) para incentivar a produção de conteúdo audiovisual regional e independente e fortalecer a oferta de conteúdos para as televisões públicas. 

Das obras participantes, foram selecionados 46 documentários, 15 animações e 14 de ficção, voltados a todos os públicos.

Link original Agência Brasil

https://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2023-09/serie-canal-da-quebrada-mostra-historias-de-inovacao-das-periferias

Share
 
Rua Pedro Maria Neto, 17/101 - Aterrado - 27.215-590 - Volta Redonda - RJ
Todos os direitos reservados - 2021
Guia Comercial Sul Fluminense
© 2009 / 2021 Guia Sul Fluminense - Desenvolvido por ABCMIX - 2021
We use cookies
Utilizamos cookies no nosso website. Alguns deles são essenciais para o funcionamento do site, enquanto outros nos ajudam a melhorar este site e a experiência do utilizador (cookies de rastreio). O utilizador pode decidir por si próprio se quer ou não permitir cookies. Note que, se os rejeitar, poderá não conseguir utilizar todas as funcionalidades do site.