Prefeitura de Barra Mansa lança processo seletivo para monitores de trânsito

 

Previsão é para contratação imediata de 20 profissionais e mais 20 selecionados para cadastro de reserva

 

A Prefeitura de Barra Mansa tornou público na última terça-feira (11), o edital que visa a contratação temporária e de cadastro reserva de monitores de trânsito para atuarem no estacionamento rotativo no município. As inscrições acontecerão nos dias 12 e 13 de dezembro, de 9h às 15h, na recepção da Secretaria Municipal de Ordem Pública, no Parque da Cidade Natanael Geremias. Para se inscrever, o candidato deverá ter completado o Ensino Médio.

 

 

Dentre as atribuições, o selecionado terá como função controlar o acesso de veículos nas vagas designadas ao estacionamento rotativo, anotando o horário de entrada e saída e efetuando a cobrança pela utilização, de acordo com tabela previamente estabelecida, como também orientar os usuários quanto a preços e horários de funcionamento, e elaboração de relatório em Word e Excel quando solicitado.

 

O resultado final estará à disposição do público para consulta na sede da Secretaria Municipal de Ordem Pública e no portal da transparência, a partir do dia 23 de dezembro de 2019.

 

No momento da inscrição, o candidato deverá estar munido dos seguintes documentos, com a cópia e o original: currículo atualizado; comprovante de experiências profissionais (carteira de trabalho, ou contrato de trabalho, ou certidão de comprovação de experiência profissional); comprovante de residência atualizado (últimos três meses, podendo ser conta de luz, água, telefone ou outro equivalente); comprovante de escolaridade (certidão ou declaração); comprovante de cursos complementares (certificado ou declaração); carteira de Identidade e CPF. A ficha de inscrição está disponível na parte final do edital do processo, no portal da transparência da Prefeitura de Barra Mansa.

 

 

Sobre a implementação do novo sistema de estacionamento rotativo, o secretário de Ordem Pública de Barra Mansa, Luiz Furlani, informou que devido a não liberação do Tribunal de Contas do Estado (TCE) para a implementação do novo sistema de rotativo, foi necessário a implementação por implementação própria do município. “Desde janeiro estamos aguardando essa liberação, do órgão administrados, que é o TCE, e informalmente tivemos o retorno que a decisão estava sem dia para um retorno. Então diante dos problemas da falta de vagas no Centro da cidade, decidimos atender um clamor dos motoristas e usuários, assim como das associações comerciais a fazer a administração própria do estacionamento rotativo até que seja liberado o edital para licitação da nova empresa que prestará esse serviço”, finalizou o secretário.

 

Foto: Paulo Dimas

Leia também: