Saúde de Volta Redonda recebe investimento de R$ 7,8 milhões

 Saúde de Volta Redonda recebe investimento de R$ 7,8 milhões

Samuca recebeu os quatro deputados federais responsáveis por trazer a verba para o município na tarde desta sexta-feira, dia 01

 

Volta Redonda terá mais um grande avanço na saúde pública do município, através de uma emenda federal ao Orçamento da União no valor de R$ 7,8 milhões. O prefeito Samuca Silva, junto com demais representantes do governo e vereadores, recebeu os deputados federais Alexandre Serfiotis (PSD), Luiz Antonio Corrêa (PL), Antônio Furtado (PSL) e Christino Áureo (PP) para agradecer a destinação da verba que será usada para a aquisição de um aparelho de ressonância magnética dedicado aos pacientes do SUS (Sistema Único de Saúde). O recurso será destinado através de uma emenda de bancada do Rio, através dos quatro parlamentares.

 

 

“A Prefeitura de Volta Redonda reconhece e agradece o empenho na conquista de investimentos federais, por meio de emenda de bancada, para fortalecimento e qualificação do serviço de saúde no nosso município. Obrigado aos deputados federais pelo olhar sensível à valorização das políticas públicas de atendimentos humanizados e pelos serviços prestados à nossa população”, destacou Samuca.

 

A Prefeitura de Volta Redonda criará no antigo Hospital Santa Margarida o Centro Municipal de Saúde de Volta Redonda, onde será instalado o aparelho de ressonância magnética no primeiro andar. A previsão é de que os quatro primeiros andares sejam abertos em janeiro de 2020.

 

Ainda no primeiro pavimento da unidade funcionará um Centro de Imagem, com diversos aparelhos, inclusive o de ressonância. No segundo andar ficará a parte administrativa e a Policlínica da Mulher. Já no terceiro andar, o público contará com uma Clinica do Servidor, onde todo o atendimento do funcionário público será centralizado. Por fim, no quarto andar serão criados 45 novos leitos de retaguarda.

 

O secretário municipal de Saúde, Alfredo Peixoto, disse que a população de Volta Redonda que necessita de exames de ressonância magnética para diagnosticar problemas de saúde, como aneurismas, tumores, alterações nas articulações ou outras lesões nos órgãos internos, vai poder contar com esse moderno equipamento.

 

“Hoje pagamos quase R$ 400 por cada exame de ressonância na rede privada. Vale lembrar que realizamos 328 por mês e temos uma fila de espera de 974 pessoas. A compra desse equipamento, além de agilizar a fila, também pode acarretar diretamente em mais investimentos para o setor”, frisou Alfredo.

 

Segundo o deputado federal Alexandre Serfiotis, foi muito importante manter e garantir esse recurso para Volta Redonda, pois o projeto beneficiará centenas de pessoas, melhorando a qualidade de vida da população.

 

O deputado Luiz Antonio também fez uma fala agradecendo a capacidade de articulação do prefeito Samuca Silva em unir quatro deputados e buscar recursos para o município que beneficiem tanta gente.

 

“Essa é a nossa função, retribuir o carinho da população e correr atrás de benefícios para eles. Nenhum de nós é melhor que todos nós juntos”, frisou o deputado federal Antonio Furtado.

 

 

E, para finalizar, o deputado Christino Áureo destacou que Volta Redonda tem uma grande liderança regionalmente e que trabalha por uma política em prol da população.

 

Fotos de Gabriel Borges - Secom/VR

Estéfano Cruz

Visitantes on-line

Temos agora 273 visitantes on-line

Estatísticas

Acessos
608660

Login do cliente

PUBLICAÇÃO

Cron Job Iniciado